Dicas de moda infantil, qual a melhor roupa de bebê para usar em cada estação do ano? Vamos conferir!!

Quando se fala de roupa moda infantil tudo encanta, cores, brilhos, flores, desenhos que enchem os olhos. Mas como escolher a roupa de bebê mais bonita para seu filho sem esquecer dos cuidados com a saúde e conforto do seu pequeno? Veja as dicas que separamos para você.

Moda infantil: Primavera/ Verão

Um lindo sol brilhando, significa que tanto a mãe quanto as crianças estarão ainda mais dispostas a fazerem atividades, brincadeiras e passeios. Na hora de escolher a roupa de bebê para seu filho, o que você procura? Ou melhor, você sabe qual é o tecido ideal para roupa moda infantil do seu pequeno? Uma peça de roupa por mais simples que possa ser, se mal escolhida pode gerar desconforto na criança, irritações ou até mesmo alergias. Tenha algumas observações em mente primeiro, pra não errar.
Os bebês podem e devem usar roupas de verão. Observe a temperatura e o comportamento do seu filho. Use roupas mais leves e de algodão, que são mais confortáveis, e se o tempo estiver muito quente pode deixar o pequeno apenas de fraldas, sem problemas.
Abuse do macacão para bebê de mangas curtas, camisetinhas, shorts e deixe as perninhas destampadas. O uso de meias e sapatos durante o dia também são dispensáveis.
Uma boa forma de saber se o bebê está muito ou pouco vestido é observar seu rosto. Se estiver avermelhado e suado, é um indicativo para colocar uma roupa mais fresca.

Moda Infantil: Outono/ Inverno

Qual é o melhor tecido para roupa de inverno moda infantil??
As roupas de bebê 100% algodão são as mais recomendadas pela sua maciez, garante mais conforto e permite melhor a transpiração, principalmente para os bebês que tem a pele mais sensível. As peças compostas por algodão e poliéster apesar de não serem tão macias quanto as 100% algodão, secam mais rápido, quase não amassam e hoje em dia você encontra de excelente qualidade. Essas geralmente são muito usadas na confecção de calças, casacos de moletom e macacão de bebê.
O plush tem um toque macio semelhante ao do veludo que é muito usado no inverno, composto por 80% algodão 20% poliéster. Fique atento se começar a soltar muitos pelinhos, isso quer dizer que a qualidade não é boa.
Suede, chamois ou camurça são lindos e macios, geralmente são totalmente sintéticos, por isso fique alerta se começar a irritar a criança.
Outra dica importante é sempre examinar as etiquetas, nelas estão as informações importantes sobre o tecido, instruções e composição do produto.
É importante lembrar que o conforto é primordial na escolha de qualquer roupa de moda infantil, por mais bonita que seja a peça, se for desconfortável a criança tende a se sentir irritada e vai querer tirar essa peça. Considere alguns fatores:
Por quanto tempo seu filho vai usar? Se você compra uma peça com numeração maior automaticamente poderá ser usada por mais tempo evitando gastos futuros.
Considere a praticidade de vestir e tirar esse item ao decorrer do dia. Em dias que não são tão frios, não existe a necessidade de encher seu filho de roupas. O excesso de roupas acaba sendo desconfortável para a criança. 
Considere o peso e o volume das roupas. Embora as peças mais pesadas e volumosas sejam mais quentes, elas não oferecem tanto conforto pra criança na hora de se deslocar e podem acabar atrapalhando no dia a dia.
Considere as condições climáticas, afinal, o objetivo das roupas é proteger o corpo. Por isso, o tecido deve se adequar ao clima.
A escolha de qualquer roupa está diretamente ligada ao clima, pense nisso na hora de vestir sua criança. É necessário estar em sintonia com as estações e atento as previsões de temperatura.
Não esqueça de um casaco ou jaqueta. É lamentável quando uma criança é poupada de uma atividade ao ar livre por não estar vestida de forma apropriada em um dia frio ou quando ocorre uma frente fria inesperada.
É normal uma criança se sujar acidentalmente, então tenha sempre um conjunto extra de roupas na mochila do seu filho, caso ele se suje ou haja mudanças climáticas inesperadas.